Chega ao fim o segundo dia de atividades do XVIII Congresso da Abrampa

Realizado pela Associação Brasileira do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa), em parceria com o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, o XVIII Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente teve sequência nesta quinta-feira (26), em Porto Alegre.

A dinâmica do segundo dia de atividades do evento trouxe programações paralelas, com painéis realizados no auditório Mondercil Paulo de Moraese e oficinas realizadas no auditório Marcelo Dario Munoz Küfner.

O painel III, sobre regularização fundiária e urbanística, e a oficina I ‘Código Florestal e a Lei da Mata Atlântica’ abriram o segundo dia das atividades do evento. Ainda no período da manhã, foram realizados o painel IV e a oficina II sobre saneamento básico e unidades de conservação e valoração de danos ambientais, respectivamente.

Após o intervalo para almoço, foi a vez de serem tratados os temas salvaguardas socioambientais na concessão de financiamentos na América Latina; gestão de águas subterrâneas; logística reversa; Lei Nº 9.605/1998.

O XVIII Congresso da Abrampa será concluído no dia 27, com novos painéis e oficinas sobre a defesa do meio ambiente e a atuação do Ministério Público ambiental.

O Congresso encerrará no início da noite desta sexta-feira com a participação do jornalista da Globo News, André Trigueiro, que irá proferir a palestra “Cidades e Soluções: um planeta sustentável é possível”.

Fotos: Andressa Barros

Assessoria de Comunicação Social
Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa)
Fone: (31) 3292-4365
[email protected] 
Facebook: /abrampa.mp
Instagram: abrampa.oficial

Outras notícias

20/05/2024

Adaptação climática das cidades é urgente

Diante do cenário atual das mudanças climáticas, que prevê que eventos extremos serão cada vez mais frequentes e intensos, é urgente aumentar a resiliência das cidades. Dados do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) revelam que, com a velocidade do aquecimento do planeta, medidas de redução das emissões de gases de efeito estufa, ainda que […]

15/05/2024

ABRAMPA pede que PL que dispensa licenciamento ambiental para a silvicultura seja vetado pelo Presidente da República

A Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (ABRAMPA) reafirma seu posicionamento contra o Projeto de Lei nº 1.366/2022, que prevê a retirada da silvicultura do rol das atividades potencialmente poluidoras, conforme definido pela Lei Federal nº 6.938/1981 (Política Nacional de Meio Ambiente). O projeto foi aprovado pelo Congresso Nacional no dia […]

Mídias Sociais
Desenvolvido por:
Agência Métrica